Abrimos demasiado as asas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ABRIMOS DEMASIADO AS ASAS

 

 

 

 

interrompemos o voo na subida

já era tempo

abríramos demasiado as asas

e o ar entrava

em golfadas

por suaves tufos de penugem

enquanto

por entre as ruínas de um carrossel

largado

em sonambulismo de criança tímida

na atmosfera silente

por onde nada o tempo corrompe

os cavalos inexpressivos

se deixavam prender

em serpentinas de um carnaval perdido

                                                            e desciam

desciam sempre

até ao abismo

criado nos seus próprios tormentos

ali

nas esferas translúcidas

muito para lá de qualquer sol

mas ainda assim nimbados de luz

essa

que divina e etérea

se acrescenta à roupagem dos deuses

essa

que doura os astros

ou que deles promana

sem que algum dia saibamos

a verdade celeste

enquanto o tempo se arrasta

nas linhas de Cronos

e toca a fímbria de anjos caídos

erguendo-os logo

em apoteose ou transe

e muito acima

o poeta

aquele mesmo que cantou Diotima

e que o mundo cegou para a razão mortal

elevado que estava na enseada divina

e contudo preso a Diotima

ela mesma solta e diáfana

mas cingida à terra

e estes deuses

todos eles nascidos do éter

e nele criados

dormentes e despertos

ora sombras

ora fogo

e ele

o poeta do éter

que o mundo chamou Hölderlin

mas que pelo céu se arrastou

feito Hyperion

vogando acima do ar

para lá do fogo

na morada do éter

(e então interrompemos a subida

para os deixar libertos

do peso e da luxúria

do corpo que os não prende

e  nos sustém

apesar das asas que um dia

demasiado abrimos)

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: