Fios de penumbra

 

 

 Amadeo de Souza-Cardoso, Avant la Corrida,  óleo

 

 

 

 

FIOS DE PENUMBRA

 

 

A nuvem cresce no gume da montanha

e rompe o dia em fios de penumbra.

 

Como as palavras traem o silêncio

e escorrem feitas dor ou solidão

também a chuva tomba no acaso.

 

Assim se faz o sonho e logo a vida

rompe a magia em jeito de penumbra.

2 Respostas to “Fios de penumbra”

  1. Alcyone Says:

     

    Outrora a sombra e agora a luz enleadas em mim como forma e cruz!
     

  2. Alcyone Says:

     
    Quem, por acaso, se detiver neste espaço e conseguir ler-me, verá, sem dúvida, muito de mim ou talvez se engane e esteja a ver-se apenas a si próprio! A Luz refractada é um espelho terrível e por estas páginas corre um imenso rio (às vezes oceano!) onde a luz também pode ser ocasião de sombra!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: