Para lá do Horizonte

 
 
 
Hieronymus Bosch (1460-1516), Cristo Levando a Cruz
 
 
 
 
PARA LÁ DO HORIZONTE
 
 
 
 
 
Vagabunda
 (amarrada a um assento duro de vida cronometrada)
 sou a errância confusa da mente apertada
 em parafusos lógicos
 e solto-me sempre
 (nas linhas do pensamento)
 e vejo a estrada
 sempre a estrada
 como metáfora de sonhos
 pendurados no futuro
 e amordaçados no passado
 
O presente
(é a armadilha do tempo
incrustado em pequenos oásis de brilho
entretecidos num cansaço sem apelo)
e eu queria poder fugir
desta armadura de regras e horas
deste contínuo vozear das leis dos outros
que eu não quero
que eu não quis
 
As obras estão feitas
e contudo
repousam ocultas
dos olhos viscosos
(aptos
na arte de corromper tudo o que afagam)
e expulso-os
a todos
(vilões ou heróis)
todos eles borrões
quando de mim se afastam
envolvidos numa névoa suja
 
Vagabunda
(sim
errante)
para lá do pensamento
da sinfonia das horas
do mortal cansaço das manhãs soturnas
(sempre iguais) e contudo
refulgentes num qualquer arco-íris
escondido para lá do horizonte

2 Respostas to “Para lá do Horizonte”

  1. Alcyone Says:

    C\’est l\’«INNOCENT» – CELUI QUI VIENT D\’AILHEURS» !!!

  2. m.dulce.sardoeira Says:

    Vagabunda me encontro, me sinto, me toco…Errante deambulando num mundo perdido de sonhos:Sonho de poder ser EU…Sonho de poder abraçar o todo e não encontrar o vácuo…Sonho de alcançar o horizonte longínquo…Sonhos de dias de sol brilhante e radioso…Sonho de retroceder rumo à minha infância enclausurada num passado por demais longínquo…Sonho de, enfim, ter sonhos!…Beijo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: